ANSIEDADE

A sensação de que algo ruim vai acontecer
a
qualquer momento

O primeiro transtorno abordado pelo Oi, tudo bem? . Sim, é um transtorno e não simplesmente doença. E é destacando esse fato que iniciamos as explicações sobre Ansiedade e Depressão.

A principal forma de quebrar os estigmas relacionados a uma condição de saúde é desmistificar, não apenas os fatores de risco, mas também o porquê dos sintomas.

E como explicar sintomas tão subjetivos como os da Ansiedade?

Utilizando de metáforas e do próprio cotidiano dos adolescentes, o Oi, tudo bem? consegue traduzir sintomas como o medo, a angústia e o aceleramento que a Ansiedade traz, para uma linguagem que os permitem identificar a doença e pedir ajuda.

Destaca-se também os problemas relacionados à frustração e aos pensamentos disfuncionais resultantes desses sentimentos. Nesse momento, os erros cognitivos mais comuns e principais causadores de sentimentos de desvalor e queda da autoestima, são apontados, como forma de ajudar os jovens a compreender o impacto que cultivar tais sentimentos pode levar a um adoecimento.

A crise de pânico também é abordada, com orientações a serem dadas ao paciente e aos colegas presentes na hora da crise, visando um cuidado adequado desse adolescente no momento de um episódio.

Se interessou e quer saber mais do projeto?

Se você é um aluno, converse com seus pais, colegas e professores e apresente-os o Projeto Oi, tudo bem?

Aprenda a cuidar da sua saúde mental, identificar sinais e sintomas e a saber a melhor maneira de ajudar aos colegas e amigos que possam estar doentes!

Se você é um professor, converse com seus Gestores e leve o Projeto Oi, tudo bem? para sua escola!

Aprenda a abordar na sala de aula assuntos de saúde mental, tais como Adolescência, Bullying, Ansiedade, Depressão e Suicídio, com mais segurança e da maneira mais adequada!

Continuar lendo: